sábado, 23 de janeiro de 2010

Entrevista relâmpago !

   Eis aqui uma entrevista relâmpago, feita na madrugada deste Sábado, via MSN, com o bom jogador ascendente Luiz Guilherme Abdalla (2200 e pouco de rating FIDE!) e integrante da equipe de Guarulhos:


1- Como você começou a jogar xadrez ?

   Por incrível que pareça, fui assistir meu irmão mais novo num torneio escolar no Clube de Xadrez de São Paulo, achei interessante e comecei a jogar.

2- O que o levou a evoluir ?

   Acho que eu evoluí bastante quando passei a frequentar o CXSP em que eu enfrentava sempre jogadores de alto nível. Mas em termos de estudo não sei explicar muito bem ... rsrs


3- Quais seus principais títulos ?

   Bom, eu sou conhecido como o famoso pipokeiro trivice campeão paulista (2006,2007,2008), vice campeão sul americano 2006. Acho que não tenho muitos títulos...rsrs


4- Quais seus maiores ídolos do xadrez mundial ?

   Eu gosto muito do Kasparov... Mas atualmente também admiro o jogo do Aronian.


5- Quais seus maiores ídolos do xadrez brasileiro ?
   Acho que nenhum...rsrs

6- O que acha do xadrez guarulhense ?
   Bom, eu não conheço muito bem o xadrez guarulhense, eu apenas jogo por lá...

7- Conte uma piada ou trocadilho enxadrístico:
   Eu operei da garganta e o Luiz da abidalla !

8- Qual sua abertura predileta ?
   Peão Dama.


9-  Qual sua defesa predileta ?

   Francesa.
  
10- Para finalizar, o que você aconselha para o pessoal q joga a pouco tempo e quer melhorar ?
    Treino de cálculo e não se preocupar com aberturas, pois o nível de abertura só cresce a partir de um nivel mais alto (2300+).


   Até mais !

4 comentários:

  1. Por falar em jogador, o Fernando Viana, enxadrista guarulhense, acabou de conquistar o título do Torneio Aniversário de São Paulo, contra Mestres como Herman Claudius van Riemsdjik e Marcos Vinicius.
    Eis aí um jogador que podemos entrevistar, também!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Digo, Mestres Internacionais (MI's)!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Ah! Eu tenho aqui uma entrevista com o Herbert Carvalho.
    Vou editar, dá até para colocar como parte de uma resenha sobre o livro dele! Abraço!

    ResponderExcluir